Gestão Social de Projetos - O que é?


Tive alguma dificuldade em escolher o titulo deste artigo. Em inglês é tudo muito mais fácil, Social Project Management (SPM) e pronto, já está. Em português é um pouco mais complicado. Não é, como se podia pensar, Gestão de Projetos Sociais, é mesmo Gestão Social de Projetos.

Gestão Social de Projetos é uma forma não-tradicional de organização de projetos e de execução da gestão de projeto. Na sua forma mais simples, é o resultado da aplicação do paradigma e dos mecanismos de rede social ao contexto do projeto, e surge como uma resposta ao aumento do numero de projetos que são executados por equipas virtuais, e que afetam pessoas que se encontram dispersas por muitas e variadas localizações.  Esta deslocalização crescente, dos recursos e dos interessados do projeto, fazem com que as estratégias de comunicação tradicionais, tanto no interior da equipa, como para o exterior, tenham de ser revistas de forma a responder a esta nova realidade.




A gestão social de projetos é uma necessidade que se impõe pela abrangência cada vez maior que o trabalho por projetos representa nas organizações mas é igualmente algo que é motivado por uma filosofia da maximização da comunicação aberta e continuada, tanto para o interior como para o exterior da equipa de projeto e por um cada vez maior reconhecimento da importância do papel que a gestão da comunicação e a gestão das expectativas dos interessados (Stakeholders) representam no sucesso do projeto.
 
Surgindo como a resposta da gestão de projetos às novas estruturas e formas de organização corporativa, é com naturalidade que vemos que a Gestão Social de Projetos assenta no uso de software de colaboração, inspirado nos paradigmas das redes sociais, mas adaptado às necessidades e à cultura de cada organização em particular. Este paradigma facilita a publicação e a disseminação da informação, relativa ao estado corrente das atividades do projeto, ao mesmo tempo que permite que a comunicação com todos os interessados do projeto, se realize de uma forma mais fluida, aberta e transparente. 

Por outro lado a SPM facilita e aprofunda a transferência de conhecimento de fora para dentro da equipa, uma vez que os mecanismos de rede social incentivam à participação de todos os que têm algo de relevante a dizer, fazendo com que, para o resultado do projeto contribua o conhecimento de todos, e não só o conhecimento de um grupo restrito de pessoas.

Habitualmente os conceitos Gestão de Projetos 2.0 (PM 2.0) e Gestão Social de Projetos (SPM) são usados de forma indistinta apesar de significarem realidades parcialmente diferentes. PM 2.0 uma primeira fase na deslocação dos sistemas de gestão de projetos para os ambientes web centrado essencialmente na comunicação e na colaboração entre os elementos da equipa de projeto, enquanto que a Gestão Social de Projetos representa um passo mais longo na direção da colaboração de todos os interessados para a execução e para os resultados do projeto.

Bons projetos,

Grp2ALL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

9 Programas de Software Grátis para Gestão de Projetos

PMBOK: Ferramentas e Técnicas - Estimar Custos do Projeto

Como Fazer o Plano de Comunicação do Projeto