sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

A Gestão de Projetos e o Futuro da Qualidade

Implementar metodologias de gestão de projeto e da qualidade significa conseguir que as pessoas abandonem métodos, estruturas e procedimentos antigos, aprendam novas funções e adquiram novas capacidades. Mesmo para uma organização estável, é difícil de gerir a transição usando estruturas regulares e abordagens baseadas em processos de formação tradicionais. Gerir o processo de mudança, partindo de um primeiro projeto piloto bem sucedido para o generalizar à totalidade da organização é  uma tarefa complexa e exigente, que requer a continuada atenção dos gestores.

Sistemas de gestão de projetos bem-sucedidos exigem que a organização realize uma mudança cultural significativa, porque este tipo de sistemas tem um efeito profundo sobre os recursos e sobre os sistemas de desempenho e comunicação das organizações. Os trabalhadores necessitam de estar preparados para as mudanças que serão necessárias e compreender os benefícios da mudança.
 
O artigo que se segue apresenta os principais resultados de um estudo que foi realizado a mais de 750 organizações e que permitiu encontrar algumas informações importantes sobre o futuro da gestão de projetos, e as principais tendências de futuro observadas.


The Future of Quality and Project Management

PMBOK v5 vs PMBOK v4 (2/3) - Área de Conhecimento Gestão de Interessados

Depois de ler com algum cuidado a nova versão do PMBOK (versão 5), disponibilizada no site do PMI, no passado dia 27 de Dezembro de 2012, sou da opinião que as alterações podem não ser muitas, mas são importantes, na medida em que, para além de eliminarem uma boa parte das lacunas identificadas na versão anterior, tornam mais claro alguns aspetos da metodologia que eram, tradicionalmente, foco de confusão por parte de muitos gestores, e de outros intervenientes em projetos.

Em termos gerais, as grandes alterações desta nova versão do PMBOK residem na criação de uma nova área de conhecimento (Gestão dos Interessados no Projeto), onde se agrupam os processos relacionados com a gestão das expectativas dos diversos grupos de interessados (Stakeholders) no projeto.